segunda-feira, 30 de novembro de 2015

NATAL...QUANTA FALSIDADE

Fui dar uma volta lá no “Mil e Uma Moscas”, pense num lugar lotado...lotado de moscas que faziam a festa quando chegava um freguês,nesse caso era eu.
Pedi uma cerveja que estava meio morna,mas a sede era tanta e como eu queria era molhar a goela,a coisa desceu rasgando,aguentei o tranco não reclamei para não criar um clima e parecer mal educado,afinal eu era novato na área.



Pra disfarçar pedi um tira gosto, enquanto espantavas as moscas que teimavam em pousar no meu prato. Fiquei pensando no Natal e o clima que envolve as pessoas nessa época do ano. 
Particularmente eu não sou muito fã dos festejos natalinos ,pra mim aquele clima de cretinice no ar,tira qualquer cristão do sério. 
Muita gente escondida no manto da “bondade” achando que as sacanagens do ano todo vão ser esquecidas e perdoadas,sendo zeradas para que as novas cretinices comecem novamente,como se não vivessem nesse mundo,haja falsidade.
Todo mundo atrás de presentes,os políticos lá na encolha só caprichando nos novos valores dos impostos que vamos ter que pagar.
Como isso pode ser bom ? Nem masoquista aceita!

Nenhum comentário:

Postar um comentário