quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

É DOCE MORRER NO "MÉ"

Encontrei o Caixa Preta lá no “Porcão”,enquanto tomávamos aquela gelada notei que o meu amigo estava um pouco triste, fiquei curioso...resolvi saber a razão.


O velho Caixa com a voz embargada resolveu me contar, um velho amigo dele tinha morrido e talvez tivesse que ir ao enterro que ia ser lá no Gama onde morava “Meiota”,esse era o apelido do falecido que na verdade se chamava “Hilanylson”...com um nome desses era melhor chamar pelo apelido, soava melhor.
Trabalhava há muito tempo na portaria de uma fábrica de cervejas, gostava do trabalho, embora o seu sonho sempre foi ser degustador oficial de cerveja, bebida pela qual tinha verdadeira paixão.
Ontem trabalhando no turno da noite, resolveu dar uma volta na fábrica e caiu dentro de um tonel de cerveja, justo da marca que ele adorava. Pela manhã o encontraram boiando morto dentro do tonel cerveja.
Eu meio sem jeito resolvi perguntar com uma voz triste e embargada pela emoção:
-Meu Deus!!! Será que ele sofreu muito ?
-Acredito que não, pois pelas imagens gravadas pela câmera de segurança, ele chegou a sair três vezes do tonel para mijar...voltando logo em seguida...
Quase quem morre sou eu, de tanto rir!


Nenhum comentário:

Postar um comentário