sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

TERÇA NEGRA






Parecia ser uma terça como tantas outras,ledo engano, a tranquilidade de nossa cidade foi abalada por um crime aparentemente banal,mas de uma brutalidade acachapante contra um cidadão e a população que foi achincalhada mais uma vez por bandidos,criminosos e vagabundos que teimam em querer tomar conta do Guará.
Nessa hora a união da população no enfrentamento da marginalidade é fundamental,precisamos mudar o nosso enfoque em relação a esses bandidos, denunciando tudo,pois muitas vezes deixamos para lá, não queremos nos expor ou se indispor com algumas pessoas,sabemos que na maioria das vezes esses vagabundos moram ao lado, sendo velhos conhecidos da comunidade.
Temos que cobrar mais dos nossos governantes em todos os níveis,inclusive os que apadrinham a cidade e querem fincar por aqui as suas raízes.
O Guará é ainda um lugar tranquilo para viver ,formar família,criar filhos...falta em muito de nós a coragem para exigir,cobrar mais eficiência no gasto dos nossos impostos.

Precisamos como cidadãos de bem nos empoderar dos nossos direitos,participar mais mesmo que não seja agradável,pois a grande maioria de conselhos,prefeituras,lideranças de araque,mãos macias e tantos outros, mesmo sabendo que fazem parte dessa fauna na sua grande maioria uma “tchurma”apenas para defender interesses próprios e abraçar políticos em troca de uma boquinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário