segunda-feira, 4 de abril de 2016

DESCASO

Estava sem nada pra fazer resolvi dar uma volta lá pelo “Mil e Uma Moscas”,o novo point dos quebrados e endividados,sem contar com o restante da fauna eclética que hoje frequenta o reduto.
Dá gosto ver tanto desocupado e mentiroso juntos,ficar ouvindo as lorotas daquela “tchurma” não tem preço,é cada uma que você não acredita,tem que ver e ouvir.
De repente chega o Caixa Preta,parecia que um furacão tinha chegado ao Mil e Uma Moscas,cheio de novidades o cabra estava com a corda toda.
Fiquei sabendo que ele tinha participado do Lava Pés lá da paróquia provocando um verdadeiro alvoroço,pois o cabra tem tanto chulé que o padre caiu desmaiado com a catinga dos pés do cristão,quase excomungado mas salvo pela compaixão do pároco local.
O cabra estava revoltado com a permanência daquele lixão entre a linha do metrô e QE-22 ali no Guará I,um depósito de doenças em potencial ,um verdadeiro festival de descaso que continua assolando o nosso Guará,tudo está uma maravilha.
Todo mundo fazendo cara de paisagem, parece que não é por aqui aquela falta de senso e desleixo,quando se fala tanto em combate a epidemias que corroem os nossos recursos,pois tentar curar é mais caro que a prevenção,pelo menos isso devia ser levado em consideração.
Só está faltando aquela fotografia ao lado daquela aberração,mostrando os dentes e levantando o dedinho,sinal que tudo está favorável e tranquilo na maior cara de pau.

Tenham dó!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário