sábado, 11 de junho de 2016

BREU

O Caixa Preta estava uma arara, não parava de reclamar. Tive que dar razão ao maluco, até para evitar que ele me mordesse, pois o cabra parecia estar possuído por alguma entidade desconhecida, dava medo.
Mas vamos ao que interessa. A Administração do Guará dentro de um programa de iluminação com a CEB, resolveu trocar lâmpadas, colocar postes para iluminar alguns pontos da cidade, até por questões de segurança e estética, tentando deixar a cidade com um aspecto melhor no que tange o quesito iluminação, até aí tudo bem.
Mas segundo o velho Caixa, parece não haver, por parte do pessoal que planejou tal operação, nenhuma preocupação com o que realmente é necessário e primordial: iluminaram alguns locais de pouca presença de pessoas, por exemplo a área erma atrás do Consei, deixando outras carentes e o pessoal insatisfeito. Não há de negar que ficou muito bom, mas o serviço não deve ser dado como finalizado.
Caso claríssimo da QI-27/29,mais precisamente do comércio local onde tudo funciona até altas horas, com estacionamentos e calçadas iluminadas apenas com os letreiros das lojas e restaurantes que por lá funcionam. Quando apagam é um breu danado e coisas estranhas por ali acontecem, os relatos são muitos.
Quem conhece o Guará sabe que por ali ficam os melhores restaurantes, sorveterias, lanchonetes e a padaria mais charmosa da cidade, onde muita gente importante senta para tomar um café, comer uma pizza e jogar conversa fora, uma beleza de lugar segundo o velho Caixa e a muito já merece ter um estacionamento decente e bem iluminado. Promessas já foram feitas, não foram poucas...nenhuma cumprida.

O pessoal da região já está sem esperança que algo seja feito, pois até o resto Posto Comunitário que foi recentemente incendiado, ainda está lá para lembrar que algo precisa ser feito,será que custa tanto assim?


Nenhum comentário:

Postar um comentário