sábado, 25 de junho de 2016

DINHEIRO JOGADO FORA

Eleito um dos centros de treinamento para as seleções que disputarão o futebol nos Jogos Olímpicos, em Brasília, o Cave não terá os vestiários prontos a tempo. A informação foi confirmada pela secretária de Esporte e Lazer, Leila Barros, em coletiva concedida na manhã desta sexta-feira (24/6), no Palácio do Buriti.

A solução encontrada pelo governo local foi alugar contêineres, opção avalizada pelo Comitê Rio-2016, segundo Leila. O aluguel desses equipamentos custará R$ 7 mil. "Esse contêiner é bacana, grande. Estamos estudando se terá climatização", elogiou a secretária.

Ainda de acordo com Leila, o plantio do gramado do Cave foi terminado nessa quinta (23), e a arquibancada está "praticamente finalizada". A previsão de entrega dos vestiários é para a segunda quinzena de setembro.

Além do Cave, Abadião (Ceilândia), Bezerrão (Gama) e Centro de Capacitação Física dos Bombeiros (Setor Policial Sul) estão disponíveis para as delegações.

Segundo o governador do DF, Rodrigo Rollemberg, serão gastos cerca de R$ 32 milhões para a cidade receber 10 partidas de futebol. Os R$ 6 milhões aplicados na revitalização do Cave são oriundos de recursos do Governo Federal.

Fonte:Correio Braziliense


Nenhum comentário:

Postar um comentário