segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

FESTIVAL DE CRETINICE



O Caixa Preta detesta o Natal,muitas vezes tenho que concordar com o maluco,não morro de amores por tal festa,que já foi até criticada por Chicão,é assim que o velho Caixa se
refere ao Sumo Pontífice,parece até que é chegado do cara,uma intimidade desconcertante.
Parece que o Papa mais uma vez acertou e sentou a lenha nas festas natalinas,que todos esperam com ansiedade,mas sempre vista por alguns apenas como uma grande festa comercial,inventada por americanos para reforçar o caixa de comerciantes para enfrentar as dificuldades do ano,desovando o estoque.
Muitos se fazendo de doces e bons,numa doçura que faz diabético entrar em coma,muita gente com cara de anjo parecendo até que as criaturas celestiais que estão passando as férias na terra,chegam a dar azia na barriga da perna.
Nesse clima de falsidade,onde a maioria passa o ano se digladiando,muita gente se aproveitando para pisar na cabeça do próximo,mas quando o Natal se aproxima,se abraçam e se beijam,numa falsidade de fazer inveja a Feira do Paraguai ou a artistas que ganharam o Oscar.

Tenho que concordar com o Caixa e Chicão(desculpem a intimidade) eles acertaram na mosca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário