quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

PARADAS




Como quem vive de sonho é o dono da padaria, vou cair na real e tentar adivinhar o que poderá acontecer no próximo ano, que pelo visto promete, mas, como muitos políticos, não cumpre.


Então para sintetizar tudo que sonhei, resolvi dar um rolê pelo Guará, confesso que não me amarrei no pouco que vi. Digo pouco para não dizer nada. Olha que estou apenas citando as paradas de ônibus que já estão há muito abandonadas, algumas já em fase de extinção,me parece que agora receberam novos vidros,que substituíram os que foram depredados por desocupados e vândalos .Inclusive algumas já voltaram a sofrer a sanha destruidora desses imbecis que campeiam por aqui.
Basta dar uma olhada que se sente de cara o sabor do descaso com esse importante aparato, para a vida de quem enfrenta no dia a dia o tão precário sistema de transporte público, notadamente o popular “busão”. Esse que transporta os trabalhadores(são os que mais sofrem), quem quer economizar o carro ou simplesmente dar uma volta.
Parece que as paradas de ônibus depois que são entregues ao público, estão proibidas de receberem manutenção ou qualquer tipo de reparos, pois podem deixar o povo mal acostumado e dar a impressão que o bem público por aqui é conservado.
Não podemos acreditar que falta dinheiro para uma simples manutenção e conservação. O que falta mesmo é vergonha, vontade para fazer o trivial.
Faz até vergonha a demonstração da total falta de respeito com a cidade e os contribuintes que nela vivem e já estão fartos de serem tratados apenas como enchimento de urnas em época de eleição.

Está passando da hora disso acabar por aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário