sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

HABITAT NATURAL

Encontrei com o Caixa Preta,pense num cara bravo,até espumava quando me contava o ocorrido pois segundo o mesmo, alguém mal informado e talvez morrendo de saudades do seu habitat natural disse:”O Guará está com as porteiras abertas para a violência...” fiquei pasmo com a tal afirmação, que deve ter saído de uma mente doentia ,querendo talvez aparecer ou prejudicar alguém, ou quem sabe até tentar decolar uma carreira política fracassada que não vale nem 2,99,pelo jeito cada dia valendo menos.
Quero lembrar ao sem noção,que o Guará não está com “as porteiras abertas” e nem nunca estará, pois aqui não é curral e nem pasto, onde a boiada fica ruminando tranquilamente abanando o rabo para espantar moscas.
Aqui tem segurança sim e os nossos valorosos agentes da lei, Policia Militar e Civil cumprem papel de destaque na prevenção e repressão mesmo contando com seus efetivos reduzidos durante todos esses anos,apesar do crescimento desordenado que tomou conta de nossa pacata cidade.
Para fazer tal comentário sobre o Guará só pode ser fruto de uma irresponsabilidade e falta de senso,portanto, não posso acreditar que tenha sido baseado em algum dado fornecido pela Secretaria de Segurança,pois lá consta a diminuição de crimes de toda natureza em nossa região,apesar da tragédia ocorrida recentemente. A grande verdade é que temos uma cidade segura e pacata.

O Guará não é curral !!!


  

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

FODÃO



Com a grande repercussão que teve uma declaração na web por um delegado de policia que quase o levou ao nível de celebridade,provocando os mais variados tipos de comentários,sendo até motivo de seminário,onde não faltaram debates acalorados em torno do tema,que são as famosas Audiências de Cústodia.
Realmente os nossos juízes e promotores são na sua maioria garantistas,ou seja garante a aplicação da pena conforme o que prescreve a lei e não desejo do cidadão revoltado,que se sente cada dia menos protegido pelo Estado,que não cumpre muitas vezes sequer com as atribuições que são de sua alçada.
Muito se fala em abrandamento de penas,mas pouco se fala como evitar que o delito aconteça,principalmente no tocante às drogas,onde não se conhece um programa de governo para o enfrentamento dessa praga que ataca os nossos jovens e muitos cidadãos.
Acho que tudo isso tem a ver com a “frouxidão” do governo e autoridades no que concerne ao combate , fiscalização no consumo e tráfico de drogas.
Muito pior do que as drogas ilícitas,são as chamadas drogas sociais,bebidas alcoólicas em geral que quase não sofrem repressão sistemática das autoridades responsáveis em coibir a venda para menores de idade e o que vemos, é adolescentes alcoolizados principalmente nos finais de semanas,onde as baladas e noitadas regadas a muita bebida são uma constante.
Com isso o aumento de acidentes,brigas e mortes fazem parte do noticiário dos jornais e tv's com uma assiduidade nunca vista e sempre aumentando.
Garanto que talvez nunca se tenha visto um traficante ou mesmo usuário de drogas colocando uma arma na cabeça de qualquer cidadão para que consuma,tudo é feito de forma consentida e com anuência do incauto,que nunca recebeu talvez alguma orientação sobre os malefícios das drogas.
Sem querer defender ninguém,mas acho que a maioria é levada ao consumo,pelo crescente endeusamento e a imbecilização do nosso povo,em relação aos bandidos,muitos deles transformados em celebridade da noite para o dia.
Pois legal mesmo é ser “Fodão” !!!

SUJEIRA CONTINUADA




Até que enfim algumas áreas de transbordos foram desativadas para evitar proliferação de doenças e pragas,isso é bom, merece registro.
Acho que no afã de fazer acontecer muito lixo ainda ficou,o Caixa Preta me chamou a atenção foi para o tanto de pneus e lixo que ainda restou lá pras bandas do Salão de Múltiplas Funções,pois apesar do esforço do pessoal que fez a limpeza ainda tem um bocado por lá e está recebendo mais,isso é preocupante.
Bem ali próximo ao 4º BTPM aquele condomínio aos poucos está voltando com força total,vai ser preciso fazer uma nova ação por lá e erradicar de vez aquela monstruosidade,o Guará não pode continuar convivendo com isso.
Mas é preciso que a nossa população colabore,evitando jogar lixo em terrenos baldios ou calçadas,pois só com a nossa conscientização e educação poderemos evitar que epidemias anunciadas proliferem,atingindo os nossos e a população em geral.
O Guará tem jeito,pois cidade limpa não é a que mais se limpa,pensem nisso!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

NA TELA DA TV



Passado os festejos de Momo agora tenho certeza que o ano começa,pois a situação não está a merecer festas.
Voltemos ao trabalho e aos nossos problemas de cada dia,tudo está no seu lugar...mas esse paradeiro me assusta.
Continuamos com a “boca escancarada cheia de dentes,esperando a morte chegar...”parece que conformados com a nossa falta de mobilização,para exigir os nossos direitos para que a nossa cidade melhore,não apenas pelo desejo de aparecer na Tv por alguns momentos como alguns gaiatos fazem,sempre com aquele ar de santo do pau oco que dá ânsia de vômito quando começam a falar,pois não perdem a oportunidade de primeiro falar no político que o empregam ou eles simplesmente puxam o saco no afã de ganhar uma boquinha e qualquer tipo de benesses.
É difícil aguentar!!!

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

TRAUMATIZANTE

Quarta feira de cinzas passei lá na praça,um alvoroço danado com o pessoal reunido embaixo da jaqueira...garrafas vazias ,copos e o que é mais importante, consumidores de montão.
Enquanto tomavam aquelas doses generosas de Domus discutiam os males da água para o organismo humano,sempre evitando aquela palavra que abala as estruturas emocionais de alguns,que é a palavra:Trabalho.
Os usadões que costumam jogar dominó lá na praça da QE-30 outro dia estavam alvoroçados,pois um gaiato levou uma revista daquelas, tenho a impressão que foi o velho Caixa, onde as mulheres vestem apenas o esmalte das unhas,alguns passaram mal,logo atendidos pelo Samu.
Me parece que aquela simples e descontraída espiada na tal revista,teve desdobramentos terríveis em casa,alguns “usadões” estão se queixando do tratamento carinhoso que agora recebem de suas amorosas esposas.
Tem um que causa pena parece um cão sem dono,ele conta com lágrimas nos olhos que quando procurou a amada para a sessão anual de afagos e amassos foi rechaçado com um carinhoso safanão,complementado por uma vassourada nas costas.
O que o cabra mais lamenta,é que se passar a data,nem com duas caixas de Viagra resolve,as lágrimas rolam e tome cachaça,pois alega que com esses tempo meio frio por causa da chuva a única coisa que endurece são as articulações.
Outro lamentou com voz embargada ter que dormir no quintal com o cachorro,um baita dog alemão, durante a noite não consegue fechar os olhos,pois o cachorrão está no cio e doido para ser pai,está com olheiras,não pode ver um cachorro que mija nas calças.

Traumatizou!!!


segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

A MOSQUITA

Nunca uma epidemia foi tão festejada e bem vinda como essa da Zika,para o governo caiu do céu,os membros do mesmo comemoram disfarçadamente, pois muita euforia poderia não ser bem compreendida por grande parte dos nobres eleitores.
O carnaval passou,durante os festejos de Momo só se falava nisso,afinal o povo anestesiado por rasgo de brasilidade(atraso) que são essas festas,pouco ou nada se importou com o que acontecia...a inflação,saúde precária,desemprego,educação cada vez mais deficiente,segurança, essa não precisa nem citar,pois a cada dia vemos a falta de perda de controle sobre a violência desbragada que tomou conta de todo o país,os corruptos então estão rindo de orelha a orelha,afinal pra que se preocupar,o povo quer é festa e logo teremos as Olimpíadas,onde muito dinheiro já foi para o ralo sem retorno para o povo na forma que deveria ser.
Em seguida as eleições para mais um bando de inúteis,mas tudo bem temos samba ,futebol e carnaval.O que nos falta? Nada,apenas vergonha na cara e vontade de mudar realmente,mas aí já é outro assunto.




sábado, 13 de fevereiro de 2016

CINZAS

Já estava quase me conformando com os imensos buracos no interior das quadras,na esperança que um dia o carro do nosso estimado edil caísse em alguma cratera,e em vez de tirar uma foto sorridente ao lado do buraco,mandasse fazer fazer um reparo geral na “buracaiada” que tomou conta das nossas ruas internas,coisa que não se vê nas ruas que cercam a residência real,em outras áreas parece até que estenderam um tapete esburacado no lugar do asfalto.
O Caixa Preta me falou que lá para o lado da QE-15,QE-13 uma rua interna ganhou um asfalto novinho, talvez seja porque alguém muito chegado mora ou tem algum negócio por lá pois o esmero foi de se tirar o chapéu, diz ele que talvez seja do programa “Caldeirão do Huck” no quadro:Recupera.
Parece coisa de Tv,segundo o velho Caixa o tal asfalto mereceu um toque especial por parte do Detran e ganhou até uma nova marcação. Bem que podiam aproveitar o resto da tinta e marcar os buracos a serem consertados nas outras quadras,para evitar que carros caiam neles.
Está me parecendo que a “República dos Chegados”volta com força total,continuando com aquela máxima, onde os chegados estão cada vez mais chegados e o restante da população cada vez mais distante.

Acorda Guará!!!


quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

MANGUEIRADAS


Chegamos à quarta feira de cinzas,a Mangueira entrou rasgando,o Brasil viu e sentiu,alguns mais... outros menos...alguns insensíveis, dormiram quando a Mangueira entrou,mas enfim é campeã e isso ninguém muda.
Aqui no DF já temos distrital comemorando as emendas para eventos em valores até altos para a quebradeira lembrada pelo Governo quase todos os dias,pois para nada existe verba,mas para festas a torneira está aberta justamente por aqueles que lá na CLDF estão para defender os interesses da população e posso garantir que para a maioria da população festas é o que menos interessa.
Espero que na próxima eleição a população do DF crie vergonha e retome o rumo, recolocando as coisas nos eixos para voltarmos a ter esperança que as coisas por aqui podem melhorar.
Segurança,Saúde e Educação pedem socorro,não para desfilar ou sambar,mas para funcionar.
Custa muito ou teremos que nos contentar com a entrada da Mangueira?

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

HIENAS

Não podemos esquecer que estamos no país do futebol,do samba,do carnaval,da falta de vergonha de muitos políticos e eleitores...Aqui os milagres acontecem,inclusive nada.Estamos acostumados, e como dizem os nossos filósofos ”Sai na urina”! Das nossas carraspanas homéricas,pois estamos sempre comemorando alguma coisa por pior que seja,tudo é motivo de festa na “República de Bananas”.
Ninguém no mundo consegue fazer fantasias mais bonitas,carros alegóricos magníficos,trios elétricos que o som pode ser ouvido em outro bairro,sambas enredos...O nosso povo sempre gostou de sambar nas mãos de governos e desgovernos deixando que a Mangueira entre rasgando sem dó nem piedade,apesar disso rimos como hienas afinal de contas o importante é sambar.
Um país onde temos verdadeiros templos para a prática do futebol,apesar de construídos com o nosso dinheiro e suor pouco se aproveita desses elefantes brancos...Futebol decadente e cada vez mais dependente do Estado(dinheiro público) para sobreviver,basta ver os contratos bilionários assinados com times de futebol a fundo perdido,apesar dos clubes estarem endividados com o próprio Estado.
Mas nada de dinheiro para coisas supérfluas como hospitais,novas escolas,investimentos em educação e segurança...

Gostamos é de sambar,tiramos tudo de letra é só alegria...trabalhar pra que?Somos imunes a tudo, que venham as epidemias,chuvas,deslizamentos,alagamentos,políticos corruptos e outras mazelas que assolam o país,então deixa a Mangueira entrar, pra que se preocupar?... afinal de contas Deus é brasileiro !!!


sábado, 6 de fevereiro de 2016

O REI ESTÁ NU

O Carnaval se aproxima,todo mundo atento à entrada da Mangueira,que promete entrar rasgando sem dó nem piedade,como não sou muito chegado nos festejos de Momo,resolvi com o meu amigo Caixa Preta dar um “rolê” pelo Guará para sentir o clima.
Com esse calor que está fazendo o deserto do Saara parecer apenas um lugar quente,o Guará parece que pra não ficar em segundo plano,recebeu uma frente fria do Piauí que está fazendo a alegria dos donos de quiosques e botecos da região.
Foi nesse cenário que eu topei com o Caixa Preta,já no espirito carnavalesco parecia que o cabra estava tomado pelo clima de Momo.
Rumamos para o nosso reduto,o velho e amado “Porcão”,onde Galak nos aguardava com os amáveis coices de sempre,uma gentileza de fazer inveja ao ditador coreano.
Aqui no reino de “Tão,Tão Distante” tudo parece fazer parte de um tremendo conto de fadas,onde o Príncipe cercado pelo Conselheiro Real,a Bruxa,Moleque Saci e os bobos da corte em geral todos dando pitacos,que talvez o nobre príncipe no seu deslumbramento,sempre sorridente a tirar fotos para enfeitar o álbum do reino,não perceba que nada e pouco de proveitoso está sendo feito ou pensado,pois muitas dessas figuraças há muito já gravitam como urubus em volta do palácio.

Com isso o reino está cada vez mais esburacado,sujo e inseguro,com caçadores(Bandidos) sempre atrás de sua caça( População), no afã de torná-la mais uma nota nas tristes estatísticas do pequeno povoado,onde os aldeões perplexos não sabem o que fazer,só resta esperar que alguém um dia desperte dessa passividade e diga que o príncipe está nu. Pois a roupa nova do rei é apenas uma parábola para mostrar que por trás dessa fantasia,o que existe na verdade é apenas o fruto da nossa mente acomodada,sempre com ar de conformação para não ferir o “status quo”,mas a realidade é dolorosa ou seja,o buraco é mais embaixo.


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

TERÇA NEGRA






Parecia ser uma terça como tantas outras,ledo engano, a tranquilidade de nossa cidade foi abalada por um crime aparentemente banal,mas de uma brutalidade acachapante contra um cidadão e a população que foi achincalhada mais uma vez por bandidos,criminosos e vagabundos que teimam em querer tomar conta do Guará.
Nessa hora a união da população no enfrentamento da marginalidade é fundamental,precisamos mudar o nosso enfoque em relação a esses bandidos, denunciando tudo,pois muitas vezes deixamos para lá, não queremos nos expor ou se indispor com algumas pessoas,sabemos que na maioria das vezes esses vagabundos moram ao lado, sendo velhos conhecidos da comunidade.
Temos que cobrar mais dos nossos governantes em todos os níveis,inclusive os que apadrinham a cidade e querem fincar por aqui as suas raízes.
O Guará é ainda um lugar tranquilo para viver ,formar família,criar filhos...falta em muito de nós a coragem para exigir,cobrar mais eficiência no gasto dos nossos impostos.

Precisamos como cidadãos de bem nos empoderar dos nossos direitos,participar mais mesmo que não seja agradável,pois a grande maioria de conselhos,prefeituras,lideranças de araque,mãos macias e tantos outros, mesmo sabendo que fazem parte dessa fauna na sua grande maioria uma “tchurma”apenas para defender interesses próprios e abraçar políticos em troca de uma boquinha.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

BURACAIADA BRABA!




Quem andar pelo interior das quadras do Guará vai se deparar com uma paisagem desoladora em termos de asfalto,é tanto buraco que chegamos a pensar que estamos sobre a superfície lunar ou num queijo suíço.
Desde a inauguração do Guará, acho que as ruas internas das quadras jamais foram recapeadas,pois os Administradores sempre se preocuparam com a orla e ruas principais,deixando de lado as ruas internas,onde hoje o que não faltam são verdadeiras crateras.
Está passando da hora de mudar o foco e começar a se preocupar com as partes internas das quadras,onde na verdade os problemas se avolumam,a população “chia” mas já começa dar sinais de cansaço.
Muitos moradores já acostumados com a buraqueira até adotaram alguns,basta ver que tem uns que ganham até bolo de aniversário, para comemorar a falta de vontade e descaso dos responsáveis por esse escárnio com a população que paga impostos.
Com isso quando chove temos verdadeiros lagos,além de fazer a alegria de borracheiros e mecânicos,com a grande quantidade de carros que caem na buraqueira.
O tempo passa e nada foi feito até agora,promessas tem de montão,agora fazer mesmo só quando o Vasco voltar para a Primeira Divisão ou quando o sargento Garcia prender o Zorro, ou talvez nunca.
Será que estão esperando algum milagre? Tenham dó!!!