sexta-feira, 10 de março de 2017

SUJÕES

Encontrei o Caixa Preta pra lá de irritado, mas também não era pra menos, vinha esfregando o pé no chão pois acabara de pisar num presente deixado por algum totó, cujo o dono sujão deixou por ali sem se dar ao trabalho de recolher.



Muito se reclama da sujeira nas ruas, mas não vemos as pessoas tentando mantê-las em condições de higiene, lembrando sempre como é bom ter uma cidade limpa.
O velho Caixa estava reclamando de uma coisa que recorrente por aqui, todos pedem limpeza, cada vez mais, porém sujam na mesma proporção.
Não dá pra entender muito essas coisas. Soa estranho ouvir tantas reclamações sobre sujeira, mas sempre com atitudes diferentes. Aqui no Guará não é diferente.
É preciso que essa parcela da população entenda que cidade limpa não é a que mais se limpa, mas aquela que depois de limpa, conseguimos que ela permaneça, como deve ser a nossa cidade que tanto amamos.
Acredito que não seja tão difícil assim, mas com boa vontade conseguiremos, por isso, antes de reclamar façamos um exame de consciência: será que estamos fazendo a nossa parte? A nossa parte não é só reclamar dos nossos gestores, mas sim colaborar com a manutenção da limpeza em nossa cidade.
Acho que não deve ser tão difícil assim, portanto, antes de reclamar, vamos dar o nosso exemplo, pois assim teremos uma cidade cada vez mais limpa e melhoramos a nossa qualidade de vida.

Fácil assim!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário